dicas pele saúde

Como identificar o grau da sua acne e dicas para evitá-las

capa

Olá meus amores!

Hoje resolvi falar com vocês sobre um assunto que deixa muitos jovens de cabelos em pé e muitos adultos também.

As espinhas e cravos (conhecidos como acnes), sempre acabam fazendo a adolescência de alguns jovens os seus piores pesadelos, e  o que muitos não sabem é que nessa hora todo cuidado é pouco e em alguns casos podem virar casos sérios.

E por isso mais do que correto da minha parte vir compartilhar com vocês algumas informações mais do que importantes. Bora conferir?

A acne pode se apresentar com gravidade variável e os médicos usam uma classificação que divide a doença em cinco estágios, de acordo com suas características. Assim é muito mais fácil saber qual o grau do paciente e quais tratamentos seguir.

  • Grau I: comedões (mais conhecidos como cravos). Podem ser abertos ou fechados. Aparecem quando o sebo e as células mortas obstruem o poro.

  • Grau II: comendões e pápulas (ou espinhas) + pústulas (espinhas com pus). Há inflamação e proliferação da bactéria Propionibacterium acnes.

  • Grau III: comendões, pápulas, pústulas e cistos (caroços duros).

  • Grau IV: presença de cistos maiores e lesões nodulares (mais profundas).

  • Grau V: é o mais severo, quando surgem cistos desfigurantes subitamente e aparecem outros sintomas gerais, como febre e mal-estar.

Sim, as acnes quando não cuidadas podem chegar há um estágio  grave à ponto de dar febre, por isso todo cuidado é pouco.

O que fazer para não chegar em estágio grave

espinhas

Hidratação

A acne sempre está acompanhada de um componente de oleosidade (da própria pele ou de produtos usados sobre ela, por exemplo). Mas mesmo a pele oleosa ou acneica precisa ser hidratada.

Para isso é preciso escolher o produto certo para o seu tipo de pele. Se você não sabe qual o seu tipo de pelo, veja aqui.

Limpeza

Nunca esprema espinhas e cravos. Todo mundo sabe disso, mas ninguém se aguenta e é ai que mora o perigo, por isso faça periodicamente uma limpeza de pele. Pode ser uma vez por mês.

Mesmo a limpeza de pele não sendo um tratamento, ela pode ajudar muito a evitar as acnes.

Unhas cortadas

Unhas

Lógico que ter unhas grandes ou não, não vai interferir na sua situação atual com as acnes, mas com as unhas aparadas o risco de você cutucar suas espinhas ou cravos será um pouco menor.

Cutucar a pele com a unha pode machucar e nem sempre você vai parar para pensar se sua unha está limpa para poder cutucar as espinhas e cravos. Então o melhor é evitar, dessa forma as bactérias não vão se proliferar.

Não espere piorar

Sei que muitas vezes pensamos que é somente mais uma espinha e talvez seja mesmo, mas por via das dúvidas, se cuide e procure sempre um médico especialista para poder ter um diagnóstico correto e saber realmente se é somente mais uma espinha e/ou cravo.

Por via das dúvidas minhas amigas e amigos, o melhor é procurar os tratamentos corretos e não sair se medicando sozinho ou usando produtos mirabolantes, onde em um piscar de olhos tudo ficará perfeito.

É sempre bom ficar de olho, você tem espinhas? Já morrendo de vergonha com uma espinha no nariz? Eu já, me conte suas experiências, vou adorar saber!

Beijinhos e até a próxima! ♥

Andréia Verrone

28 anos, empresária, dedica suas horas vagas compartilhando dicas e cuidados para os cabelos e saúde, incentivando e ajudando garotas e mulheres a cuidarem ainda mais da sua beleza!

Andréia Verrone

A blogueira

28 anos, empresária, recém descoberta ondulada, dedica suas horas vagas compartilhando dicas e cuidados para os cabelos e saúde, incentivando e ajudando garotas e mulheres a cuidarem de si mesmas e descobrirem mais do que sua beleza!

Saiba mais

Acesse ou siga meu canal

Acompanhe no Face

Siga-me no Instagram